Historicos, Fatos e Estatísticas

Transporte de barbatanas a granel – encobrimento facilitado

O comércio com barbatanas de tubarão a granel sobre a Europa é permitido de acordo com a legislação actual – desde que não sejam as 12 espécies de tubarão protegidas pela CITES. No comércio de corpos inteiros de tubarão, estas espécies protegidas de tubarão ainda podem ser identificadas com relativa facilidade, más se apenas as barbatanas de tubarão forem transportadas, mesmo os peritos encontram os seus límites. Uma das razões para tal é que a forma e a cor das barbatanas mudam durante o processo de secagem e que falta a proporção do tamanho sem o correspondente corpo de tubarão. Além disso, as barbatanas comercializadas são normalmente uma mistura de diferentes grupos etários – isto representa uma dificuldade adicional, uma vez que nos tubarões jovens as características importantes ainda não são muitas vezes tão distintas.

O confisco de três toneladas de barbatanas de tubarão no aeroporto de Frankfurt na Primavera de 2018[1] é um exemplo da facilidade com que o comércio de espécies protegidas de tubarão pode ser encoberto desta forma. Entre as barbatanas, que deveriam ser exportadas do México para Hong Kong via Europa, havia também várias espécies protegidas da CITES. Algumas destas espécies podem ser identificadas por características únicas das barbatanas, que também são facilitadas por programas especiais como o software iSharkFin da FAO[2]. No entanto, muitas espécies já não podem ser diferenciadas desta forma e devem ser utilizados métodos complexos de ADN.

Um estudo científico de 2018 mostra também que as barbatanas de muitas espécies listadas na CITES ainda estão a ser comercializadas, muitas vezes sem a documentação necessária. Através da análise do ADN, as barbatanas de tubarão vendidas em Hong Kong foram examinadas e, na sua maioria, identificadas como espécies protegidas [3]. Hong Kong é o principal centro de comércio de barbatanas de tubarão.

A extensão do regulamento “Fins Naturally Attached” (em Português: Fins Naturalmente Anexados) facilita a identificação de tubarões para importação e exportação e impede o encobrimento de espécies comercializadas ilegalmente. Além disso, há provas claras de que muitos dos lotes de barbatanas de tubarões comercializados foram separados do animal por finning [1] – isto também será impedido por uma expansão do regulamento e o comércio de tubarões como um todo tornar-se-ia significativamente menos atractivo.

[1] SHARKPROJECT specifies and archives confiscated shark fins, 2018.https://www.sharkproject.org/sharkproject-spezifiziert-und-archiviert-beschlagnahmte-haiflossen/
[2] Food and Agriculture Organization of the United Nations: SharkFin Guide: identifying sharks for their fins
[3] Cardeñosa, D. et al., 2018. CITES-listed sharks remain among the top species in the contemporary fin trade. Conservation Letters, 07

Identificação de barbatanas – um procedimento complexo de ADN

A identificação das barbatanas de tubarão nas importações e exportações é importante para detectar o comércio ilegal e para tomar medidas criminais se necessário. Os peritos podem ajudar [1], mas em muitos casos a espécie só pode ser claramente identificada através da análise do ADN. O método conhecido como código de barras de ADN funciona de forma semelhante à recolha de impressões digitais genéticas em criminologia: o ADN das barbatanas de tubarão é isolado, processado e sequenciado. Subsequentemente, segmentos genéticos individuais são comparados com uma base de dados e as barbatanas dos tubarões podem ser atribuídas à sua espécie com base nas características genéticas específicas da espécie[2]. Este método provou também, por exemplo, que muitas espécies de tubarões e raias classificadas como ameaçadas ainda estão disponíveis no mercado internacional [3] e que os produtos britânicos Fish & Chips contêm carne de tubarão[4], incluindo espécies ameaçadas de extinção.

Embora o código de barras de ADN tenha sido utilizado com sucesso na ciência e para a protecção de espécies ameaçadas de extinção durante vários anos, o processo continua a ser trabalhoso e dispendioso.O código de barras de ADN de grandes quantidades de barbatanas de tubarão comercializadas, tais como as três toneladas de barbatanas de tubarão confiscadas no aeroporto de Frankfurt em 2018 [1], é portanto muito dispendioso.  Embora este método seja bem adequado para verificações pontuais e estudos científicos, não é ideal para testes de rotina de grandes quantidades.

A restrição do comércio de tubarões a corpos inteiros promete tornar muito mais fácil a identificação de espécies de tubarão protegidas durante os controlos de rotina. A dispendiosa análise do ADN só seria então utilizada em casos excepcionais.

[1] SHARKPROJECT specifies and archives confiscated shark fins, 2018.https://www.sharkproject.org/sharkproject-spezifiziert-und-archiviert-beschlagnahmte-haiflossen/
[2] Food and Agriculture Organization of the United Nations: SharkFin Guide: identifying sharks for their fins
[3] Cardeñosa, D. et al., 2018. CITES-listed sharks remain among the top species in the contemporary fin trade. Conservation Letters, 07

Sharks listed as endangered by the IUCN – as of 07 August 2019

Note Latin name Common name Trend IUCN classification
Alopias pelagicus Pelagic Thresher Pazifischer Fuchshai vu
Alopias superciliosus Bigeye Thresher Shark Großaugen Fuchshai vu
Alopias vulpinus Common Thresher Shark Gemeiner Fuchshai vu
Atelomycterus baliensis Bali Catshark Bali-Katzenhai ? vu
Brachaelurus colcloughi Colclough‘s Shark Blaugrauer Blindhai vu
Carcharhinus albimarginatus Silvertip Shark Silberspitzenhai vu
Carcharhinus borneensis Borneo Shark Borneohai ? en
new Carcharhinus dussumieri Whitecheek Shark Weißwangen-Hai en
Carcharhinus falciformis Silky Shark Seidenhai vu
Carcharhinus hemiodon Pondicherry Shark Pondicherryhai ? cr
Carcharhinus leiodon Smoothtooth Blacktip Shark GlattzahnSchwarzspitzenhai en
Carcharhinus longimanus Oceanic Whitetip Shark WeißspitzenHochseehai vu
Carcharhinus obscurus Dusky Shark Schwarzhai vu
Carcharhinus plumbeus Sandbar Shark Sandbankhai vu
Carcharhinus signatus Night Shark Atlantischer Nachthai vu
new Carcharhinus tjutjot Indonesian Whaler Shark vu
Carcharias taurus Sand Tiger Shark Sandtigerhai ? vu
Carcharodon carcharias Great White Shark Großer Weißer Hai ? vu
Centrophorus harrissoni Harrisson‘s Dogfish Stummer Gulperhai en
Centrophorus lusitanicus Lowfin Gulper Shark Lusitanischer Schlingerhai ? vu
Centrophorus squamosus Leafscale Gulper Shark Blattschuppen Schlingerhai vu
new Centrophorus owstonii Roughskin Dogfish ? vu
Cetorhinus maximus Basking Shark Riesenhai vu
new Cephaloscyllium albipinnum Whitefin Swellshark cr
Chaenogaleus macrostoma Hooktooth Shark Hakenzahn Hai ? vu
Dalatias licha Kitefin Shark vu
Eusphyra blochii Winghead Shark FlügelkopfHammerhai en
Galeorhinus galeus Tope Shark Hundshai vu
Galeus mincaronei Shawtail Catshark Sägeschwanz Katzenhai vu
Glyphis gangeticus Ganges Shark Gangeshai cr
Glyphis garricki Northern River Shark Flusshai cr
Glyphis glyphis Speartooth Shark Speerzahnhai en
Glyphis siamensis Irrawaddy River Shark Irrawaddy-Flusshai ? cr
Halaelurus boesemani Speckled Catshark Gesprenkelter Katzenhai vu
Haploblepharus fuscus Brown Shyshark Brauner Katzenhai ? vu
Haploblepharus kistnasamyi Natal Shyshark Natal-Katzenhai ? cr
Hemigaleus microstoma Sicklefin Weasel Shark SichelflossenWieselhai vu
Hemipristis elongata Snaggletooth Shark Fossilhai vu
Hemiscyllium hallstromi Papuan Epaulette Shark Papua-Epaulettenhai ? vu
Hemiscyllium strahani Hooded Carpet Shark Hauben Epaulettenhai ? vu
Hemitriakis leucoperiptera Whitefin Topeshark ? en
Holohalaelurus favus Honeycomb Izak Catshark Izak-Katzenhai en
Holohalaelurus punctatus African Spotted Catshark Weiß gefleckter Katzenhai en
Isogomphodon oxyrhynchus Daggernose Shark Dolchnasenhai cr
Isurus oxyrinchus Shortfin Mako Kurzflossen-Mako en
Isurus paucus Longfin Mako Langflossen-Mako en
Lamiopsis temminckii Broadfin Shark Breitflossenhai en
Lamna nasus Porbeagle Heringshai vu
Mustelus fasciatus Striped Smoothhound Gestreifter Samthund cr
Mustelus mustelus Common Smoothhound Grauer Glatthai vu
Mustelus schmitti Narrownose Smoothhound Engnasen-Glatthai en
Mustelus whitneyi Humpback Smoothhound vu
Nebrius ferrugineus Tawny Nurse Shark Gewöhnlicher Ammenhai vu
Negaprion acutidens Sharptooth Lemon Shark SichelflossenZitronenhai vu
Odontaspis ferox Smalltooth Sand Tiger KleinzahnSandtigerhai vu
Oxynotus centrina Angular Rough Shark Gefleckte Meersau ? vu
Pseudoginglymostoma brevicaudatum Shorttail Nurse Shark KurzschwanzAmmenhai ? vu
Rhincodon typus Whale Shark Walhai en
Schroederichthys saurisqualus Lizard catshark Eidechsenkatzenhai ? vu
Scylliogaleus quecketti Flapnose Houndshark NasenlappenGlatthai ? vu
new Scymnodon plunketi Plunket’s Shark vu
Sphyrna lewini Scalloped Hammerhead Bogenstirn Hammerhai ? en
Sphyrna mokarran Great Hammerhead Großer Hammerhai en
Sphyrna tudes Smalleye Hammerhead KleinaugenHammerhai vu
Sphyrna zygaena Smooth Hammerhead Glatter Hammerhai vu
Squalus acanthias Spiny Dogfish Dornhai vu
new Squalus chloroculus Greeneye Spurdog en
Squalus montalbani Philippine Spurdog Philippinischer Dornhai vu
Squatina aculeata Sawback Angelshark Sägerücken-Engelhai cr
Squatina albipunctata Eastern Angel Shark Östlicher Engelshai vu
upgraded Squatina argentina Argentine Angel Shark Argentinischer Engelhai cr
Squatina formosa Taiwan Angelshark Taiwanesischer Engelhai ? en
Squatina guggenheim Guggenheim Engelhai en
Squatina japonica Japanese Angelshark Japanischer Engelshai ? vu
Squatina nebulosa Clouded Angelshark Getrübter Engelshai ? vu
upgraded Squatina occulta Smoothback Angel Shark cr
Squatina oculata Smoothback Angelshark Glatte Engelhai cr
Squatina squatina Angelshark Gemeiner Engelhai cr
Squatina tergocellatoides Ocellated Angelshark ? vu
Stegostoma fasciatum Zebra Shark Zebrahai en
Triakis acutipinna Sharpfin Houndshark Scharfflossen Hundshai en
Triakis maculata Spotted Houndshark Gepunkteter Hundshai vu